5 de out de 2009

Brasil, Mito De Todos Os Povos





Apesar de todas as mazelas sociais e políticas  o Brasil é um país cujo povo não se deixa abater pelo sofrimento e leva tudo com bom humor . Um país de vários matizes  raciais  ,   com tanta diversidade cultural , tanta alegria e festas populares , tanta beleza natural  só pode ser um lugar abençoado pelos deuses.


Há muitas profecias sobre nosso país e segundo algumas fontes , o solo mais antigo do planeta Terra está no planalto central do Brasil, ou seja , aqui está localizado o primeiro solo a surgir quando o planeta ainda estava em formação .


Dizem também que o planalto central do Brasil, onde existe o solo mais antigo do planeta , nunca submergiu e nunca submergirá . Todos sabem que a Terra já teve várias formações continentais diferentes , onde hoje está localizado o Saara já foi um grande mar . Portanto o mapa do planeta era bem diferente há milhares de anos atrás .


O texto é longo ( trechos do livro " A História Secreta do Brasil "  , de  Cláudia B. de Souza Pacheco, Ed. Proton)  e  até  relutei em postá-lo por este motivo . Mas  a  leitura  vale  a  pena   pois  revela  a  verdadeira história do descobrimento do Brasil . Boa leitura !



***


Profecias sobre o Brasil


"Terra Abençoada"
O nome Brasil, significando " terra abençoada", já existia antes de Cabral ter batizado estas terras de Ilha de Vera Cruz (ou seja: da Verdadeira Cruz) - e durante a Idade Média, no período anterior ao descobrimento, "a lendária Ilha Brasil povoa a poesia, os mapas, as tradições, as profecias, o folclore", conforme nos afirma, entre outros autores, Felipe Coccuza, em seu livro "A Mística da Amazônia". Segundo este autor, o Brasil foi descoberto pelos portugueses antes de 1343; neste ano, tal descoberta foi informada ao papa Clemente VI, que recebeu um mapa com o nome de Ínsula do Brasil (Ilha do Brasil) – portanto já com o nome que tem atualmente.
Ludwig Schwennhagen, historiador austríaco que fez pesquisas no Nordeste e na Amazônia brasileira, narra em seu livro Fenícios no Brasil (Antiga História do Brasil de 1.100 a.C. a 1.500 d C.), nas páginas 24 a 30 e 79, que os navegadores da Fenícia (atual Líbano) chegaram às costas brasileiras quase três mil anos atrás, por volta do ano 1.100 a. C., deixando sinais e inscrições em pedras por grande parte do território nacional, inclusive a famosa Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro. Depois, trouxeram para cá os hebreus, a partir de 970 a.C., durante o reinado de Salomão, cumprindo um acordo feito entre o rei de Judá Davi e o rei fenício Hirão II.

Os cavaleiros de Cristo (os antigos templários) foram capitães de naus e colonizadores das terras descobertas, além de que os próprios reis de Portugal eram templários, assim como toda a estrutura do Estado Português , através dos séculos, desde a fundação desse país por S. Bernardo de Claraval em 1139. Por essa razão, António Quadros o chamou de "país templário". E o sonho maior dos templários, perseguido durante séculos, era chegar às "ilhas imperecíveis", à "Ilha do Brasil", ou seja, "à terra abençoada", "onde emana leite e mel "

( Em 11 Jeremias 4,6 lê-se que a terra prometida por Deus a seu povo (seus seguidores) é aquela de "onde emana leite e mel" ). Por causa dessa profecia, Juscelino Kubitscheck construiu a capital em Brasília, e inaugurou-a à zero hora do dia 21 de Abril, no mesmo dia da fundação de Roma. Stefan Zweig :"O Brasil (...) indubitavelmente esta destinado a ser um dos mais importantes fatores de desenvolvimento futuro do mundo." Historiador austríaco, cujos livros foram , em sua época, os mais vendidos no mundo, Zweig via o Brasil como o único país apto a realizar o modelo de civilização ideal - pacífica, universal, sem preconceitos raciais, liberal e humana.


Rabindrianah Tagore
Filósofo hindu, afirmou que o Brasil será transformado numa prodigiosa força de bondade, berço da sabedoria e amor à humanidade; será a capital espiritual do mundo. É no Brasil que surgirá a Nova Obra do Homem Superior, em forma de livros.
Haverá o fim do ciclo decadente, com o advento da era de Aquário; o homem de boa vontade, surgido no Brasil, levará ao mundo inteiro a mensagem de uma nova cultura a favor de uma nova idade, de paz, luz e progresso para todos os seres da Terra - o Brasil será o celeiro da Cultura Universal do Homem Superior.




Aurobindo
Filósofo hindu, (1872-1950), conterrâneo de Tagore (ambos bengalis), também acreditava que no Brasil seria gerada e difundida a nova civilização. (Prof. Negalha)


Vishnu-Purana

Profecia antiquíssima da Índia diz que a restauração da Idade de Ouro seria feita pelos descendentes da raça primordial. O 15° Dalai-Lama (1876-1933) identificou o Brasil como sendo a nação líder dessa Idade de Ouro. A raça primordial é a Tupi. (prof. Negalha).



Dante Alighieri

Quanto à "raça primordial", Dante, em sua obra Divina Comédia, refere-se à constelação do Cruzeiro do Sul (desconhecida pelo povo europeu na época, pois não é vista no hemisfério Norte) dizendo que era contemplada pela gente primitiva ou primordial. (Canto Purgatório I, 22, 24:"I' mi voisi a man destra, e puosi mente/all'altro polo, e vidi quattro stelle/non viste mai fuor ch ' alla prima gente").



Antiga formação da Terra


Pangéia ou Gondwana

Felipe Cocuzza
"O cosmonauta russo luri Romanenko, o homem que mais tempo viveu no espaço, mais de um ano (...) informou que o Brasil difere de todos os países do globo, pois emite fachos de luz tão fortes, que até com os olhos fechados e dormindo, ele percebia quando a nave passava por cima de nosso pais." (Cocuzza.) 26


Em seu livro A Mística da Amazônia, este autor faz inúmeras referências à missão do Brasil, sendo mais um dentre muitos escritores e historiadores a afirmar que o nome Brasil não vem de pau-brasil (cor de brasa) como se pensa. Ao contrário, a madeira é que recebeu o nome que, antes do descobrimento, esta nação já tinha ( p.71). Afirma ele que:

"O continente sul-americano, popularmente conhecido no mundo como Brasil, de acordo com a tradição esotérica, tem a forma de um coração e o Brasil acompanha o seu contorno ocidental, adquirindo também a ,forma de um coração" (p.17).

"As ambições estrangeiras sobre a Amazônia têm um objetivo maior, a longo prazo: o domínio de todo o continente do futuro. "(p.20)

A Ilha do Brasil a África Equatorial e do Sul faziam parte do velho continente Gondwana(...) ao fragmentar-se o Gondwana, a Ilha do Brasil, a terra mais velha e mais sólida do planeta, a que primeiro esfriou e se solidificou, iniciou o seu deslizamento para o Oeste.(...) Tudo isto que a ciência moderna descobriu era sabido e ressabido pelos sábios antigos, que conservaram e transmitiram a sabedoria esotérica através de milênios. "(p.18)

"A era dos grandes achamentos marítimos (...) coincide com o exacerbamento da utopia do paraíso terrestre, latente em todas as civilizações. Essa utopia, que se traduz por uma Idade de Ouro que virá, restaurando a que já existiu, não é mera fantasia do inconsciente. "(p.21)

"Quando os portugueses tomaram posse do Brasil, que já conheciam secretamente há muito tempo, a nova terra assume todas as características do paraíso terrestre. Todos os navegadores pensam assim e o epistológrafo Américo Vespuccio salienta que a pujança das florestas brasileiras e seus aromas sugerem a proximidade de tal paraíso. "(p.23)



Withman
Grande poeta americano do século passado, escreveu "Uma Saudação aos Brasileiros", dizendo que o Brasil será "o vértice da suprema humanidade". (b)



William Blake
Para James Joyce e William Blake, o nome Brasil é anterior à descoberta do Brasil. Sintagma pertencente ao repertório da toponímia mítica do Ocidente, significa uma ilha mágica, país lendário, mundo fabuloso. Blake afirmou: "Paraíso Encoberto, o Brasil Indígena. E 32 nações a morar nos portões de Jerusalém. Venham, nações! Venham, gentes! Venham a Jerusalém!... Peru, Patagônia, Amazônia, Brasil: 32 nações. E sobre essas 32 classes de ilhas no oceano (é o símbolo das ilhas que Isaías previu) todas as nações, povos e línguas de toda a Terra". (c) Como se sabe, o Brasil é o país onde convivem pessoas de todas as raças.



Papa João XXIII
Atribuem a este papa várias profecias sobre o Brasil. Foi, oficialmente, o primeiro a ler o terceiro segredo de Fátima, em 1959. Como se sabe, este segredo, confiado aos pastorinhos em Fátima, ainda não foi inteiramente revelado. Ele foi lacrado e guardado no Vaticano para ser aberto só na segunda metade do século XX.

Segundo alguns autores, o segredo foi analisado pelos papas já antes de 1960, mas, oficialmente, foi João XXIII o primeiro a lê-lo.

Ao que tudo indica, esta mensagem também se refere diretamente à pátria brasileira, 30 pois consta que o papa Paulo VI, ao lê-la, desmaiou, dizendo também: "feliz do Brasil!". Isso indica que a mensagem é extremamente positiva para o Brasil, devendo ser comparada a outras aqui reunidas, que apontam no mesmo sentido.

Nas profecias alegadamente de João XXIII ele cita "a terceira Itália. Duas !tálias tiveram que morrer para limpar o passado. Hoje, Roma não tem mais esse nome e seus palácios não estão no Norte ", o que é interpretado como sendo: 1ª Roma – Império Romano; 2ª Roma – o Vaticano; 3ª Roma — São Paulo, no hemisfério Sul, a grande cidade construída por italianos e descendentes de italianos (20 milhões de habitantes). Juscelino havia acreditado ser Brasília a 3ª Roma.



Santo Isidoro de Sevilha
Autor de célebre profecia sobre Portugal (e, por extensão, o Brasil), que foi proibida pela Igreja e pela Espanha: muitos espanhóis morreram porque a divulgaram. Dois frades, (um de Valença, outro de Aragão) cantaram-na em versos e foram mortos (século XVI). Essa profecia, referente ao Quinto Império, ligava seus fundadores a Portugal. (Prof. Negalha.)


Dubravski
Místico húngaro contemporâneo, diz que o Brasil é um reservatório para onde fluem todas as energias espirituais, preparando o seu futuro. (e)

Oswald de Andrade


Poeta de grande intuição, fundador do Movimento de Arte Moderna no Brasil, ao mesmo tempo que repercutia em Portugal o movimento Renascentista português (Pessoa, Leonardo Coimbra, etc.) declarou: "a felicidade do homem é uma felicidade guerreira, não temos razão alguma para temer a possibilidade do sonho se encarnar na História. Pelo contrário - vamos realizar a utopia chamada Brasil. " (f)




Antonio Telmo
Autor de História Secreta de Portugal , afirma que o movimento da história européia está prestes a inverter-se. O ponto cardeal do ciclo europeu, prestes a findar, foi o Pólo Norte. Os Estados Unidos da América são o principal prolongamento da civilização nórdica. O movimento histórico passará a desenvolver-se do Ocidente para o Oriente, tomando-se predominante o Polo Sul, do qual decorrem: o peso que o Brasil e toda a América do Sul começam a assumir no mundo e as grandes transformações no continente africano.




Pietro Ubaldi
Místico italiano, declarou que "o sol da Nova Civilização do Terceiro Milênio despontará no ano dois mil. Acrescento agora que certamente ele nascerá no Brasil".



Hermann Keyserling

Filósofo alemão, fundador com Jung da Escolada Sabedoria em Darmstadt, Alemanha, sabia, por informações esotéricas e históricas transmitidas através dos séculos, que em São Paulo iria se iniciar, na década de 1970, a Era de Aquário e que desta cidade seria irradiada a orientação espiritual para o mundo para os próximos 5 mil anos.



São Paulo 





Verdadeiro fenômeno energético-demográfico, e situada em cheio na faixa da Era de Aquário, a Grande São Paulo, capital e coração de fato do Brasil, teve um crescimento sem paralelo em qualquer outra parte do mundo; nos últimos cem anos, passou de 65 mil habitantes (1899) para 20 milhões (1999); a própria cidade de São Paulo atingiu o impressionante número (oficial) de 9 milhões de habitantes, equivalente a toda a população da Suécia ou de Portugal, chegando ao Terceiro Milênio como a maior metrópole do mundo e não só do Hemisfério Sul. Já em 1920 tinha crescido 1.000 % em relação a 1899, tendo 200 mil imigrantes, em sua maior parte italianos, correspondentes a um terço da população , que era da ordem de 600 mil habitantes. Responsável ainda hoje por metade do PIB do Brasil, sendo que só conta com trabalho e não com matérias primas, esta incrível cidade constitui um centro energético de tal intensidade que atrai populações do Brasil inteiro e também de todas as partes do planeta, sendo, por exemplo, a segunda cidade-industrial da Suécia ( a primeira é Estocolmo). 


Alguns estudiosos consideram extra-oficialmente que a Grande São Paulo, incluindo as pequenas vizinhas como Osasco, Guarulhos, etc., chegaria a 50 milhões de habitantes. Aqui, nesta grande cidade universal, espelho da universalidade brasileira, convivem pacificamente todos os povos do planeta Terra: "gregos e troianos", alemães e franceses, espanhóis e portugueses, irlandeses do norte e irlandeses do sul, árabes e judeus, chineses e japoneses, ou seja, povos que em seus países de origem estão em freqüentes atritos, mas aqui vivem em paz; seus filhos, esquecendo as origens, logo proclamam-se simplesmente brasileiros...



As Cidades dos Rios
Existe uma famosa profecia sobre São Paulo, que trata das "cidades sagradas", com a função de serem berços de um novo mundo (no bom ou no mau sentido); são aquelas que nascem à beira de rios cujos nomes iniciam-se com a letra "T"'.


Pesquisando a respeito, verifiquei que os quatro impérios interpretados como sendo os descritos por Daniel estão dentro desta situação.


Por exemplo, o Império de Ouro, ou Babilônico, de Nabucodonosor (atual fraque), desenvolveu-se à margem do rio Tigre, e também do Eufrates. O Império seguinte, de Prata, ou Medo-Persa , acompanhou o mesmo rio, uma vez que incorporou a Babilônia.

O Terceiro Império, de Bronze, ou Greco-Romano, pode ser simbolizado pelo rio Tibere, pois foi no vale deste rio que nasceu Roma. Por fim, o Quarto Império, ode Ferro e Barro, ou Anglo-Americano, desenvolveu-se às margens do Tâmisa, ou Thames, na Inglaterra.

O Quinto Império pode ser simbolizado por dois rios que também começam com a letra T: o Tejo, tendo às margens Lisboa, e o Tietê, que banha a cidade e o Estado de São Paulo.



Tigre – 1° Império Babilônico e 2° Medo-Persa. Tibere – 3° Império Greco-Romano
Thames – 4° Império Anglo-Americano
Tejo e Tietê – Quinto Império


Com 1032 quilômetros de extensão, o rio Tietê nasce no mono do Serrote da Barra e, ao invés de correr para o mar, vai no sentido inverso, para o interior do Brasil; atravessa o Estado de São Paulo de ponta a ponta, desaguando no rio Paraná. No seu percurso, banha dezenas de municípios paulistas e gera energia por meio de inúmeras usinas hidrelétricas, como as de Barra Bonita, Avanhandava, Rasgão, Salto de Avanhandava e Porto Góis.

***


Trechos retirados do livro "História Secreta do Brasil" de Claudia Bernhard de Souza Pacheco (Editora Proton) .


Imagens encontradas na internet , desconheço a  autoria .


***


P.S. Recebi  esse texto  por e-mail  ,  em  uma  lista de discussão   e coloquei aqui nos rascunhos para publicar  há  algum  tempo . Mas  achei  muito longo e  sabendo que  geralmente as pessoas não gostam de  textos  assim em blogs,  fiquei  sem estímulo para  publicar. Creio que tudo tem o seu tempo e  agora é o tempo certo para  postá-lo. Leiam  e  sintam-se honrados  em viver em um país maravilhoso como o nosso .
Ressalto que o termo  'império'  foi  usado pela autora do texto   no   sentido de potência e liderança mundial  e não no sentido de supremacia  . Segundo as profecias  a liderança  brasileira  será nos moldes  humanistas e  não imperialista.


***



2 comentários:

Anônimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ achat viagra
http://commanderviagragenerique.net/ viagra commander
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ comprare viagra

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis sans ordonnance
http://commandercialisfer.lo.gs/ prix cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ dove acquistare cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis generico